Dia Mundial da Prematuridade: Parabéns às mamães e aos pequenos e grandes guerreiros

A notícia da gravidez traz ao papais um misto de emoções e sentimentos que vai desde a alegria pela chegada do bebê até a insegurança e medo de não serem capazes de cuidar do novo ser que está a caminho. Entretanto, mesmo com toda a tecnologia avançada em saúde, exames, tratamentos e cuidados, o bebê pode se adiantar para chegar ao mundo e nascer prematuro, com menos de 37 semanas de gestação.

No mês do Dia Mundial da Prematuridade, comemorado em 17 de novembro, nós, do HSANP gostaríamos de homenagear as mamães que deram luz a esses guerreiros, que são considerados heróis desde o seu nascimento.

Sabemos da importância dos cuidados com esses seres tão pequeninos e frágeis, mas que nos ensinam muito desde a sua chegada ao mundo. Por isso, nós, do HSANP, disponibilizamos toda a estrutura necessária para cuidar da melhor forma da mamãe e do bebê. Nossos profissionais são altamente qualificados para orientar, estabelecer e fortalecer a confiança com os pais de UTI para que fiquem mais calmos e se sintam fortes para passar por esse momento delicado, mas passageiro.

Conheça mais sobre o nosso trabalho de humanização com os prematuros na UTI Neonatal HSANP:

– Espaço exclusivo para ordenha do leite materno: Desde o início, temos o cuidado de trabalhar com a mamãe no sentido de prepará-la para este momento e enquanto o prematuro não está pronto para a mamada, realizamos a oferta por meio da sonda. Quando o prematuro está pronto para sugar o leite do seio materno, o vínculo entre mãe e filho se completa e este momento se torna único.

– Contato pele a pele: Com o objetivo de proporcionar ao recém-nascido e aos seus pais o contato pele a pele e também oferecer ao bebê a sensação de proteção e vínculo, nós ensinamos e estimulamos a posição canguru, que consiste em manter o recém-nascido de baixo peso, na posição vertical junto ao peito do papai ou mamãe. Entre os principais benefícios dessa técnica estão o estímulo ao aleitamento materno, redução da infecção hospitalar, diminuição do estresse e dor do recém-nascido e melhora na qualidade do desenvolvimento neurocomportamental e psicoafetivo.

– Música Clássica Ambiente: Ao nascer, os cérebros desses bebês ainda são imaturos, e o desenvolvimento deve continuar na unidade de terapia intensiva, em uma incubadora, sob condições muito diferentes do que se ainda estivessem no ventre da mãe. Por isso, a música diminui o estado de alerta, favorece a redução da frequência cardíaca e respiratória e estimula o sistema auditivo.

– Hora do Soninho: Momento em que as luzes da UTI Neonatal são apagadas para promover descanso e diminuição do stress aos bebês.

– Corredor de alta: Quando os prematuros recebem alta e estão internados há mais de 30 dias, realizamos o “Corredor de Alta”, que é o momento em que os profissionais da UTI se posicionam com balões nas mãos e fazem um corredor para aplaudir esse momento mais do que especial.

Neste ano, como forma de lembrar alguns dos prematuros que passaram pelo HSANP, fizemos um banner com as primeiras fotos do nascimento e como estão agora. Os materiais estão instalados em nossa recepção principal e na entrada da nossa Maternidade:

Dr. Mario Mariosa – Coordenador da UTI Neonatal e Ruth Leya Remes da Silva – Coordenadora de Enfermagem da UTI Neonatal do HSANP.

Leave a reply